Histórias em Inglês

Algumas das histórias são apresentadas também em Inglês num trabalho de articulação com a professora de Inglês Maria João César (professora das AECS na EB do Lamaceiro no ano de 2011/2012)


Seguidores

seguir o blog por email

quarta-feira, 30 de maio de 2012


O bosque encantado
Era uma vez uma menina muito linda chamada Paula. Paula morava com seu pai em uma casinha pobre e o seu maior sonho era viajar mundo a fora! Seu pai tinha uma doença muito grave e Paula fazia de tudo para vê-lo bem.
Os anos se passavam e o estado de seu pai piorava a cada dia mais. Um dia ele chamou Paula em seu quarto e disse:
      - Minha filha, meu estado de saúde não está nada bem. Acho que logo logo irei parti...  Paula chorava muito e disse:
- O papai não me deixe, eu te amo tanto e não saberia viver aqui sozinha. Eu irei até o fim do mundo para que você se salve.
    - Minha filha, o remédio para me curar fica muito longe daqui no bosque encantado e só uma fada poderia te ajudar a chegar até lá.  Eu não gostaria que corresse esse risco por mim - Respondeu seu pai.   
Mas Paula muito insistente disse:
- Pois eu vou procurar esse remédio para você.
  E naquela noite quando seu pai já estava dormindo, Paula saiu com sua malinha atrás do remédio para curar seu pai. Levou um agasalho, uma água e um pedaço de pão para comer no caminho e lá começou a sua jornada. Passou por vários lugares e perguntava a todos onde ficava o bosque encantado, mas ninguém sabia lhe responder. Cansada e já com fome e sede, Paula pára e deita perto de uma árvore para descansar. Não conseguia conter o choro. “– Meu bom Deus será que não encontrarei esse remédio para meu pai? E nem essa boa fada para me ajudar?” - E ali se lamentando caiu no sono e dormiu. Acordou assustada com uma bela moça mexendo em seus cabelos. Seus olhos eram azuis como o mar e seus cabelos brancos como a neve! Seu vestido era bordado com diamantes e seu sorriso era brilhante como a luz do sol. Paula ficou parada admirando aquela bela moça.
– Oi bela mocinha, está assustada? –perguntou a moça.
- Quem é você? Perguntou Paula.
- Eu sou a fada Lili e você quem é?
- Eu sou Paula. E estou procurando pelo bosque encantado.
- Nossa, o que uma mocinha como você vai fazer lá no bosque encantado?
- É porque meu pai está doente e eu preciso muito de uma planta que o salvará e só nesse bosque eu a encontrarei.
- Nossa, você é muito corajosa e por ser tão boa com seu pai eu te lavarei a este bosque.
  E lá se foram Paula e Lili, a fada, que a ajudaria salvar o seu pai. Caminharam por longos dias, conheceram vários animaizinhos na floresta, plantas de todas as cores presenciaram o pôr do sol enfrentaram tempestades e em um belo dia chegaram ao seu destino final.
- Paula, chegamos é aqui o bosque encantado, mas eu não poderei entrar com você. Você deve entrar sozinha e procurar pela planta, mas você tem pouco tempo porque ao cair da noite a planta murcha e você só pode entra uma vez no bosque.Terá que ser sábia e solidária, terá que enfrentar seus medos com fé e com esperança e nunca desistir -disse a fada.
 E lá se foi Paula entrando bosque adentro. Ao entrar ficou encantada. O bosque era lindo, cheio de flores, animais, frutos e era muito colorido. Foi adentrando mais e começou a ouvir um gemido e o som do gemido ia só chegando mais perto.
– Olá, tem alguém ai?-perguntou Paula.
Mas ninguém respondeu.
–Olá,  tem alguém ai?
E nada! Foi chegando mais perto e viu um leão, pensou em correr, mas o leão disse:
 - Me ajude por favor? Esta pedra caiu en cima da minha pata e está doendo muito. Será que você poderia me ajudar?
 Paula foi tentar ajudá-lo, mas a pedra era muito pesada e ela não conseguia retirá-la e cada vez mais o leão gemia de dor. O sol já estava se pondo e Paula se lembrou das palavras da fada – “você deve ser rápida porque ao entardecer a planta murcha e você só poderá entrar uma vez no bosque.”
  Mas o leão não se agüentava mais de dor. Ele já estava quase morrendo. Paula juntou toda a sua força e toda a sua coragem e com muita fé conseguiu retirar a pedra de cima da pata do leão. O leão ficou muito agradecido e perguntou:
 - O que você faz aqui bela mocinha?
- Estou procurando uma planta que irá curar o meu pai, mas o bosque é muito grande e o sol já está se pondo. Acho que nunca irei conseguir pegá-la.
- Por você ter sido tão boa para mim, eu pegarei a planta para você antes que o sol se ponha.
 Dito e feito.
 O leão pegou a planta milagrosa para Paula e esta foi toda feliz com a fada e o seu novo amigo leão entregar a planta para seu pai. Ele foi curado e hoje vivem felizes no bosque encantado!
Isabel fernandes (autora brasileira)